quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

Praia e cidade formam a combinação perfeita para conhecer Cuba

Situada no lindíssimo Caribe, Cuba oferece, além dos centros históricos, com rica cultura e povo acolhedor, praias magníficas. Por isto, quem vai ao país pela primeira vez, normalmente, combina Havana e a estância balneária Varadero, que fica distante cerca de duas horas (ou menos) da capital. Parece-me besta ir até Cuba e só ficar ou só na cidade ou só nas praias. O bom mesmo é fazer a dobradinha.
Vista da orla de Havana 
Ao planejar minha viagem, eu queria, claro, conhecer a capital Havana, mas sem me restringir a ela. Pesquisando, vi que Trinidad era uma cidade histórica que vale super a pena conhecer e está perto de uma península linda. Pronto: havia decidido por mais uma parada. Para fechar, resolvi que poderia cruzar o país e ir até Cayo Santa María, onde meus tios e primos haviam ido em abril de 2015 e falado muito bem. 

Com estes destinos em mente, pesquisei com duas agências de turismo os hotéis e os traslados. Como as distâncias são longas, não poderia chegar e sair do mesmo aeroporto. No fim, o valor da diária dos hotéis foi decisivo para a escolha da ordem dos lugares. Todos os traslados foram acertados do Brasil e tive dois percalços: nunca conseguia saber com alguma antecedência a hora que nos buscaríamos e se estava confirmado mesmo e o carro que fez o trajeto mais longo não estava dentro do contratado (ar-condicionado e bom estado). O roteiro com 11 noites ficou assim:

>>> Leia relato sobre os trajetos no post “Cuba pelos motoristas. Histórias da vida real

Voo: São Paulo — Cidade do Panamá — Santa Clara (Cuba)
Mausoléu do Che, em Santa Clara
Um carro estava a nossa espera no aeroporto e nos levou ao hotel na Península Ancón. São cerca de 140 km e levamos pouco mais de duas horas.

Ficamos na praia Costa Sur por três noites. O hotel está longe uns 15 minutos em táxi de Trinidad, onde fomos passear e jantar. A cidade é pequena e pode-se conhecer em um dia tranquilamente. Pode-se também hospedar na cidade e passar um dia nas praias — são duas: a da Costa Sur (mais bonita) e a Praia Ancón. 

Conheça mais de Cuba: leia os outros posts sobre este país incrível

Da Península Ancón / Costa Sur, pegamos outro carro com motorista que nos levou a Cayo Santa María, distante uns 200 km. Levamos três horas para chegar lá e ficamos no resort por quatro noites, incluindo o réveillon.
Cayo Santa María
A última parada foi Havana. De Cayo Santa María até Havana, o percurso é bem mais longo, quase 400 km, o que demorou umas seis horas. O motorista passou por Santa Clara e pude descer para fazer foto do mausoléu do Che Guevaraue tanto eu queria conhecer. Foram quatro noites em Havana, suficiente para conhecer a capital do país. 

Na volta para São Paulo, o voo partiu de Havana e fez conexão na Cidade do Panamá.
Capitólio, em Havana 

3 comentários:

  1. Ainda não conheço Cuba, mas fiquei com muita vontade de conhecer..

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...