quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Frankfurt não vale a pena

Grande para os parâmetros europeus, importante centro financeiro e repleta de arranha-céus, Frankfurt é daquelas cidades que não vale a pena gastar tempo e dinheiro para conhecer. Mas, mesmo assim, lá fui eu conferir a São Paulo evoluída e bem mais agradável para viver.




Frankfurt é sede de bancos como o Central Europeu e o Deutsche Bank e é onde se localiza a Bolsa de Valores alemã.







A parte turística é pequena, o que permite conhecer os pontos principais (cidade velha) em um dia. Eu fiquei em um hotel perto da estação de trem, o que, definitivamente, foi uma péssima ideia. Quando reservei, ignorei os comentários que mencionavam red light zone. Ledo engano: meus vizinhos eram uma sauna, um sex shop, bares de strip-tease...

O centro histórico lembra bem àquela imagem que temos das construções alemãs.

Römer (Câmara Municipal) 
Römerberg (Ostzeile)
Entre os lugares para visitar estão a catedral imperial (Dom) e o jardim arqueológico, que eu gostei bastante!




Atenção: tudo MESMO fecha domingo. Eu embarquei para o Brasil num domingo à noite, então, deixei para comprar meus cremes neste dia. Rodei a cidade inteira e só encontrei farmácias de plantão para urgências, o que não era o caso. Para a minha sorte, o aeroporto parece um shopping center!

Quando eu fui, apesar das lojas e de muitos restaurantes e bares não estarem abertos, havia um tipo de quermesse, com barracas de comida, jogos organizados e apresentações musicais (me pareceu a banda da escola). Havia muitas famílias, turmas de amigos de diversas idades e crianças.





Voltando ao título do post, não acho que vale a pena se planejar para ir e ficar em Frankfurt. Existem cidades mais legais para conhecer. Porém, estando em Frankfurt, reserve um dia para fazer um bate-volta à vizinha Rudesheim (leia post), que fica a uma hora de trem e é conhecida pela produção de vinhos.

Informações práticas
Quando fui: novembro de 2009
Hotel que fiquei: Rossija - Moselstraße 46-48
Preço: 78 euros por dois dias (39 euros a diária)
O que achei do hotel: péssimo, não recomendo. O hotel fica bem próximo à estação de trem, na chamada red light zone, e o quarto era bem ruim. 

Um comentário:

  1. Boas informações, pois cogitei Frankfurt como destino de férias, por não precisar de escalas no avião, mas vou pensar melhor, depois do que li.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...